Resenha: Uma curva na estrada - Nicholas Sparks | Padronizado


Resenha: Uma curva na estrada - Nicholas Sparks

Resenha: Uma curva na estrada - Nicholas Sparks

           Olá, hoje vim falar sobre Uma curva na estrada (skoob), Nicholas Sparks, publicado no Brasil pela Editora Arqueiro.
           O primeiro livro de Sparks que eu li, foi Querido John, em 2011. Na época, gostei muito, e não demorou muito para eu ter todos os livros já lançados dele na estante. Lembro que o que mais gostei foi O Milagre, mas não lembro o motivo. Hoje em dia, esses livros já não me atraem tanto, porém, como tenho problemas em deixar as coisas pela metade (vai entender), continuo comprando/lendo os livros dele. Esse em particular não foi muito maçante e o que mais me atraiu nele foi a falta de apelação a "deus", que Sparks usa demais nos livros dele.
           Conta a história de Miles, Jonah, Sarah e um "assassino", tudo ao mesmo tempo. Miles é um subxerife de uma cidade pequena na qual há dois anos sua esposa tinha sido assassinada, achava ele. Um dia ela estava ao seu lado, no outro ela tinha sido tragicamente atropelada, deixando Miles com um filho pequeno, Jonah. O suposto assassinato de Missy teve uma repercussão muito grande na cidade pequena e principalmente nos corações de sua família.
           Depois de dois anos, Miles considerava um fracasso pessoal o fato de nunca ter encontrado o assassino de Missy. Por ser subxerife também, mas principalmente por ficar impune quem tinha feito isso à sua mulher. Virou e revirou o dossiê do caso durante todos esses anos, mas nunca encontrou a resposta.
           Um dia, enquanto lanchavam, Miles descobre um bilhete da professora de Jonah. Ele não sabe que seu filho está tendo problemas de aprendizagem e praticamente não consegue fazer nada na escola além de desenhos. Após conversar com Sarah, professora de Jonah, Miles percebe que ela é uma mulher muito atraente e que sente falta de estar em um relacionamento.
           Passou a encontra-la cada vez mais (afinal, ela basicamente virou professora particular de seu filho) e não conseguia negar a atração que sentia por ela. Apesar de toda a confusão de estarem enferrujados na arte da paquera, Miles e Sarah não demoram muito a ter encontros românticos. Sarah é divorciada e tem medo de Miles também não aceitar seu segredo, assim como seu ex-marido.
           Uma das coisas mais interessantes do livro é que existem alguns capítulos narrados pelo "assassino", que conta as coisas que aconteceram em sua vida depois de ter atropelado Missy.
           Não posso contar muito mais ou começarei a dar spoilers. Basta dizer que a partir daí, várias coisas acontecem e "Uma curva na estrada" acabou se mostrando um livro interessante. É muito "what" quando o assassino é revelado, pois não é nada esperado.
           Bom, não tenho muito mais a falar. Quem não tem o que ler, ou encontra com esse livro perdido em algum lugar, talvez goste da leitura e valha a pena. Não tem nada de muito impressionante nem nada, mas... É isso. Até a próxima!


 

Seguidores