Resenha: Gone - Michael Grant | Padronizado


Resenha: Gone - Michael Grant

Resenha: Gone - Michael Grant

           Publicado no Brasil pela editora Galera Record, Gone (skoob) tem um grande número de leitores por todo o mundo e é amado até por Stephen King! Isso mesmo!
           Um livro muito interessante e divertido, muito fácil de ler. A narração é bem objetiva e possui um narrador onisciente. A história é basicamente formada por adolescentes, bem jovens. Nenhum deles passa dos 15 anos, pois um dia, todas as pessoas acima dessa idade, simplesmente somem! Do nada, sem deixar pistas. O mundo, aparentemente fechado por uma barreira inexplicável, agora é conhecido como LGAR (Lugar da Galera da Área Radioativa).
           O livro relata o jeito que as crianças e adolescentes deram para conseguir sobreviver sem os adultos, sem ordem, com a iminente ideia de que, em pouco tempo, poderão começar a passar fome. E com um pequeno probleminha: alguns deles estavam sofrendo mutações!
            O mundo vira de pernas para o ar, de uma hora para a outra, e as crianças e adolescentes se vêem tendo que dar um jeito de sobreviver, e de conviver em harmonia, apesar de todas as diferenças. Como toda boa história, claro, tem o garoto que é um líder por natureza, a garota linda e inteligente, o amigo desastrado, os valentões e até psicopatas.
           A partir daí, a história se desenrola, rápida, divertida, emocionante e faz você ter vontade de ler logo.
           Bom, estou refazendo essa resenha que postei tempos atrás, no skoob, pois sinto que esse livro deveria estar aqui no blog. Já estou indo para o quarto volume da série, Praga, e provavelmente, a próxima resenha será dele e não de Fome e Mentiras. Espero que seja um problema para ninguém!


Postado por: Gabriela Duarte.


 

Seguidores